smartphone

A Criteo, empresa de tecnologia para commerce marketing, divulgou o estudo “Travel Flash Report”, que revela a crescente influência das compras móveis no setor de viagens no último trimestre de 2017.

De acordo com o relatório, no Brasil, 37% das reservas online de viagens foram feitas por meio de dispositivos móveis, sendo que os smartphones saíram na frente com 34%, enquanto tablets ficaram com 3% de participação. As compras feitas via desktop representam 63% do total.

Na América Latina, as empresas que possuem aplicativos mobile registraram 60% de suas reservas em dispositivos móveis, o que representa um aumento de 41% em relação ao mesmo período de 2016. Já as agências online têm agora quase metade (45%) de suas reservas feitas por meio de smartphones ou tablets.

Sua Agência de Viagens já possui um Aplicativo? Conheça o TSAPP 

Os viajantes que procuram ofertas de última hora e estadias noturnas estão impulsionando o aumento das reservas feitas por meio de aparelhos celulares. Com as plataformas móveis facilitando a aquisição de viagens de fim de semana por impulso, as buscas em smartphones e aplicativos aumentaram rapidamente e já representam 89% do tráfego de reserva de última hora.

Ainda de acordo com o estudo, após o Natal, os viajantes já começaram a planejar suas próximas férias. Com isso, as vendas totais no primeiro trimestre de 2018 devem aumentar até 80% em relação a novembro.

“As empresas de viagem estão recebendo cada vez mais reservas através de aplicativos e smartphones”, diz Alessander Firmino, diretor geral da Criteo para o Brasil e América Latina. “A flexibilidade dessas plataformas permite que os usuários adiem a compra até o último momento. No entanto, com viajantes que aproveitam diferentes pontos de contato, é importante que as empresas assegurem que a comodidade e o conforto na experiência do usuário não acabem trazendo um aumento no preço. É essencial conectar todos esses pontos de contato em todos os dispositivos e dar ao comprador a oportunidade de reservar suas viagens de última hora do aparelho que ele escolher”.

Raio X das compras online de viagens: 

  • A taxa de conversão em aplicativos é cinco vezes maior que na web móvel e o dobro se comparada aos desktops, ficando acima da média das demais indústrias varejistas.
  • Até 80% das reservas de última hora são feitas através de dispositivos móveis.
  • Enquanto as empresas do setor de viagens têm uma menor proporção de reservas em aparelhos móveis, um terço (32%) de suas reservas é precedida de um clique em um dispositivo diferente, o que demonstra a importância da colaboração de dados para melhorar o desempenho no ambiente mobile.
  • Em relação às estadias noturnas, 33% são pesquisadas utilizando aplicativos. Os viajantes reduzem o uso do desktop para reservar esse tipo de viagem.
  • Na América Latina, as reservas móveis já são 36%, número maior que o registrado na  América do Norte (22%) e na Europa (25%).
  • A participação dos dispositivos móveis continua a crescer para agências online de viagens, uma vez que 45% das reservas são feitas através desses aparelhos. Esses dados estão em contraste com os das empresas do setor de viagens, com 16% de reservas móveis. 

Metodologia de estudo 

O relatório Criteo Travel Insights do quarto trimestre de 2017 é baseado na análise de três bilhões de reservas ao longo do ano, de mais de 1.800 anunciantes de viagens. Os dados individuais de pesquisa e reserva de 59 países foram avaliados para fornecer uma imagem global dos hábitos de reserva de viagem.

Fonte: EcommerceBrasil